quarta-feira, 4 de julho de 2012

Reforço?

Rúben Brígido, internacional pelas camadas jovens de Portugal e um jogador livre depois da rescisão com a U. Leiria, treinar-se-á amanhã pelas 9h30m em Santo António, para tentar convencer Pedro Martins de que tem valor para ficar no plantel. 
O jovem extremo-direito poderá ser assim o segundo reforço do C. S. M. para a época 2012/2013. 
Aguardamos com grande expectativa pela decisão do clube. Este jogador já esteve na nos planos de várias equipas da I Liga e é tido como uma das esperanças do futebol português. 
A meu ver seria um reforço fantástico. Concordam? 

5 comentários:

  1. E agora a notícia negativa do dia: Roberge estará a forçar a saída do Marítimo, tentando pressionar o clube a libertá-lo para poder assinar pelo Deportivo da Corunha. "Quero jogadr no Deportivo", terá dito o central francês.
    Nada contra a saída, mas não desta forma. Os espanhóis pressionam jogando com a vontade do jogador que se esquece da oportunidade que o clube lhe deu, e procura assim resgatar um jogador de enorme valia por um preço muito abaixo daquilo que o clube pretende, daquilo que é o seu valor.
    Espero que o clube não ceda, como aconteceu com Baba e que, se o jogador não quiser ficar, que vendam apenas uma percentagem do seu passe.

    ResponderEliminar
  2. Eu bem dizia que esse roberge estava louco para se por ao piro !MALDITO MERCENÁRIO se não fosse o MAIOR ainda andava perdido na frança esquecida do futebol ..ingrato é o que é !Vá lá para o puta depor pq na galicia é CELTA ahhaha :) 100% de acordo contigo o Brígido é craque !! Há uns anos vi-o nos juvenis /juniores e é muito futebol ! é o rosicky de leiria ehehhe

    ResponderEliminar
  3. É o Pai Nosso de cada dia no futebol o que se está a passar com o Roberge.O Futebol hoje em dia é um grande negócio e obviamente não há mais (ou muito pouco) amor à camisola! Antigamente é que era!Mesmo assim...o caso com moutinho no sporting...

    ResponderEliminar
  4. O que escrevi acerca do Roberge teve efeitos que não eram os desejáveis.
    A frase foi lida sem ler a totalidade da entrevista e outros também terão entendido assim.
    O Roberge não estará a boicotar a sua permanência no clube, ainda nem falou com Carlos Pereira, admitindo inclusive que dificilmente sairá antes das eliminatórias para a fase de grupos da Liga Europa e o que o jogador procura é dar o salto, ié, assinar um contracto que lhe permita aumentar substancialmente o seu vencimento.
    Tendo em conta que tem apenas mais um ano de contracto com o clube e que não deverá renovar, a sua saída é quase uma obrigação para o clube. Ou acontece agora ou em Dezembro/ Janeiro, ou corremos o risco de perder o jogador sem qualquer contrapartida, e o clube não se pode dar ao luxo.
    Portanto a única coisa que se pode esperar é que o Marítimo consiga vender bem, agora ou em Dezembro/ Janeiro.

    ResponderEliminar