terça-feira, 31 de julho de 2012

Novo reforço - David Simão

O médio criativo de 22 anos é o novo reforço às ordens de Pedro Martins. 
David Simão poderá ser o substituto de 'Bena' e resolver assim um dos problemas do plantel. 

O que dele se escrevia em 2008: 

"Tem nome de craque, e faz jus ao seu apelido. O futebol moderno condiciona cada vez mais as escolhas dos técnicos. À imagem do que acontece em alguns dos clubes de topo do futebol mundial, a designação do trinco puro, de desarme e agressividade, deu lugar ao «6 moderno», jogador que normalmente apresenta a qualidade de passe mais elevada da equipa, capaz de organizar e pautar os ritmos de jogo da partida.
É certo que nem todos os «6» apresentam essas características, mas cada vez mais vemos a desaparecer o 10 romântico (ao estilo de Riquelme e Rui Costa), para dar lugar aos ex-10, novos «6» modernos, como são exemplos Andrea Pirlo (AC Milan) Xavi e Iniesta (Barcelona). David Simão, o esquerdino do Benfica, muitas vezes comparado a Pirlo pela grande visão de jogo e fantástica capacidade de passe longo, passou a recuar cada vez mais no terreno, conforme os anos de formação iam passando.Do 10 magistral passou a 6 nos Juniores, onde assume as despesas de organização de jogo da equipa. Dotado de um pé esquerdo temível, demonstra uma técnica muito elevada mas, sobretudo, uma capacidade de colocação de bola à distância cada vez mais rara. Internacional em todos os escalões por Portugal, ainda com idade de sub-18 foi convocado para a equipa principal do Benfica, então às ordens de José António Camacho.Também se lhe reconhece um feitio algo complicado, o que, reza a lenda, adiou a sua estreia ao mais alto nível, pois os responsáveis «encarnados» quiseram manter a sua jóia da coroa mais algum tempo nas camadas de formação, para evitar outros casos recentes, nomeadamente como o de Manuel Fernandes (que saiu abruptamente do clube da águia, também ele formado no Benfica).David Simão assume-se com um estatuto cada vez mais forte. Personalidade também ela vincada, é um dos grandes talentos do futebol nacional. Apresenta, ainda, algumas debilidades ao nível da flexibilidade e velocidade, que compensa com um pé esquerdo magistral, capaz de guiar e coordenar todo o futebol ofensivo da sua equipa.O futuro depende apenas dele, mas a soberba qualidade que apresenta, fazem-nos crer que está aqui o expoente máximo da posição 6 do futebol moderno, que a breve tempo, poderá ter o seu espaço no plantel principal do Sport Lisboa e Benfica. A ver vamos, fixe este nome." in "Futebol de Talentos"

De salientar a aposta feita pelo clube, que com as dificuldades que se lhe conhecem, tem apostado em jovens jogadores portugueses (Brígido, Semedo e D. Simão) e madeirenses (4 na equipa principal - sem contar com Briguel e L. Olim - e 7 na "B") de grande talento e que, esperemos, possam confirmar o seu valor no Marítimo, passando de promessas a certezas. 

1 comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar